Garoto de 14 anos processa Snapchat nos EUA

0
111
views

Um garoto de 14 anos entrou com uma ação coletiva contra o Snapchat nos Estados Unidos nesta quinta-feira (7), onde acusa o aplicativo de expôr menores de idade a conteúdo sexualmente explícito, de acordo com o site da revista “Variety”.

Segundo o processo, aberto em uma corte federal em Los Angeles, a função Discover do app “intencionalmente expõe mores de idade a conteúdo nocivo, ofensivo, lasico e sexual, sem avisá-los ou seus pais que podem ser expostos”.

Discover é a função do aplicativo que reúne, desenvolve e promove conteúdo gerado por parceiros de mídia, como MTV, Buzzfeed ou CNN.

A ação cita casos específicos, como artigos intitulados, em tradução livre, “10 coisas que ele pensa quando não consegue te fazer ter um orgasmo” e “Amigos de sexo falam sobre como mantém a relação casual”.

Um porta-voz da empresa afirmou, em nota, que não recebeu notificação judicial, mas pediu desculpas se as pessoas se sentem ofendidas. “Nossos parceiros de Discover têm independência editorial, o que é algo que apoiamos.”

O processo foi aberto em nome dos cerca de 150 milhões de usuários da rede social, e pede uma indenização não especificada, além de uma medida cautelar, incluindo uma ordem que impeça que o Snapchat mantenha a conduta e começe uma campanha publicitária corretiva.

Comente pelo Facebook

comments